‘Busão Solidário’ ajudou mais de 10 mil famílias na capital potiguar - Seridó 360

Post Top Ad

test banner

domingo, 10 de janeiro de 2021

‘Busão Solidário’ ajudou mais de 10 mil famílias na capital potiguar


Em 2020, a pandemia do novo coronavírus mostrou seus efeitos ao mundo e começava a apontar os primeiros casos da covid-19 no território brasileiro. Com o tempo, as medidas de proteção contra a proliferação do vírus, que no Brasil superou a triste marca de mais de 200 mil mortos em decorrência da doença, começaram a entrar em vigor.

No ‘auge’ da pandemia e do desespero, algumas faíscas de bondade apareceram. Como a de projetos sociais que buscavam ajudar quem estava mais necessitado. Em Natal, em abril de 2020, nasceu o projeto Busão Solidário.

Seis ônibus foram disponibilizados pelo Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município do Natal (Seturn). Os veículos foram devidamente caracterizados e começaram a ser usados na arrecadação de alimentos, donativos, produtos de higiene e material de limpeza. Além dos ônibus, uma equipe que contava com mais de 25 pessoas ajudava na arrecadação, que estava sendo feita nos supermercados Nordestão.

“Nós recebíamos os alimentos, higienizávamos, pois não adiantava no pico de uma pandemia receber os alimentos do jeito que recebíamos, e repassar do jeito que ele vinha, podendo chegar contaminado nas casas das famílias”, disse Joábia Queiroz, assistente social e coordenadora do Busão Solidário. A confecção das cestas dos alimentos também é feita com todo cuidado pela equipe.

Já a seleção dos beneficiados foi e é feita em parceria com a Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas). É a Semtas que possui o cadastro das pessoas que se encaixam no perfil de recebedores, através do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS). A Semtas indica a Instituição apta a receber as cestas básicas, e o Busão Solidário vai até o local e realiza as entregas. “Sai da nossa mão diretamente para as mãos das famílias” completou Joábia.

De abril para cá, o projeto Busão Solidário ajudou 10.229 famílias necessitadas. A maior parte das doações foram feitas por pessoas físicas, clientes do Supermercado Nordestão, que se deparavam com a equipe do Busão nos supermercados. Especificamente, 184 toneladas de alimentos foram doadas.

Entidades

Durante o tempo de funcionamento, o projeto contribuiu com algumas instituições de longa permanência na cidade, como o Lar da Vovózinha, Lar do Ancião Evangélico, APAE, Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GAAC) e outras.

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) foi uma dessas instituições que contou com as doações do projeto. Entre o fim de junho e começo de julho, a entidade sem fins lucrativos, recebeu o donativo de 300 cestas básicas.

As cestas foram encaminhadas para as mães das crianças e adolescentes que recebem tratamento na APAE. Para Suely Freire, diretora técnica da APAE em Natal, as doações chegaram no momento certo. “Foi uma doação muito importante, graças à solidariedade da equipe. São mães carentes, da periferia de Natal e que fazem tratamento com os filhos na Instituição. Nós sabemos como essa epidemia causou sofrimento a essas famílias” disse.

Segundo Suely, a APAE precisou irromper os tratamentos com as crianças durante a pandemia. Apenas os atendimentos médicos e psicológicos foram mantidos. A meta é que tudo se restabeleça agora em janeiro.

Mesmo com a esperança da ‘corrida da vacina’ o ano de 2021 ainda tem sequelas da pandemia para enfrentar. É por isso que o Busão Solidário pretende continuar com as ações.Quem quiser ajudar pode deixar sua contribuição em qualquer loja do supermercado da rede Nordestão, com exceção da loja localizada no Alecrim.

A doação também pode ser feita em dinheiro para a conta do projeto. A expectativa de toda a equipe do Busão Solidário é que mais famílias possam ser beneficiadas em 2021.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner