‘Não é hora de sermos tão cientistas’, diz secretário de Saúde de Doria - Seridó 360

Post Top Ad

test banner

terça-feira, 12 de janeiro de 2021

‘Não é hora de sermos tão cientistas’, diz secretário de Saúde de Doria


Ao comentar o processo de aprovação da CoronaVac pela Anvisa, o secretário de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, disse neste sábado (9) que não é hora de “sermos tão cientistas como estamos sendo agora”.

“O mundo está sendo cientista mas está respeitando a vida. Ele já está vacinando. Temos que seguir critérios de segurança, mas iniciar a vacinação”, declarou.

A fala de Gorinchteyn ocorreu após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária pedir mais dados sobre a vacina produzida entre Instituto Butantan e a farmacêutica chinesa Sinovac.

“Após a triagem de todos os documentos fornecidos, os técnicos da Anvisa verificaram que ainda faltam dados necessários à avaliação da autorização de uso emergencial”, disse a Anvisa em nota. “A submissão dos documentos técnicos previstos no Guia é condição necessária para viabilizar a avaliação, a conclusão e a deliberação sobre a autorização de uso emergencial das vacinas”.

O governo paulista precisa da autorização da Anvisa para iniciar o plano estadual de imunização. A primeira fase está prevista para começar em 25 de janeiro.

Ao comentar o pedido da Agência, o governador João Doria disse que é preciso “senso de urgência”.


“É preciso senso de urgência da Anvisa para liberação da Vacina do Butantan. Ritos da ciência devem ser respeitados, mas devemos lembrar que o Brasil perde cerca de mil vidas por dia para a Covid-19. Com a liberação da Anvisa, milhões de vacinas que já estão prontas poderão salvar vidas”, escreveu.

 

Por Terça Livre

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner