Ministérios pedem R$ 5,6 bi em verbas extras fora do teto - Seridó 360

Post Top Ad

test banner

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2021

Ministérios pedem R$ 5,6 bi em verbas extras fora do teto


Enquanto o Orçamento de 2021 ainda não é discutido e governo e Congresso estudam flexibilização de regras fiscais para liberar mais gastos, ministérios já tomam a iniciativa de pedir à equipe econômica verbas extras a serem executadas fora do teto de gastos. As demandas são feitas quase um ano após a Covid-19 chegar ao Brasil, período em que governo e Congresso deixaram de avançar sobre a revisão de despesas em outras áreas —o que possibilitaria remanejamento de recursos e evitaria maior endividamento.

Os pedidos já somam R$ 5,65 bilhões e foram feitos pelos Ministérios da Saúde e do Desenvolvimento Regional (MDR). As pastas mencionam nas justificativas a continuidade da pandemia, mas há pedidos para outras destinações. A pasta comandada pelo ministro Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) pede R$ 450 milhões.

RECURSOS DEMANDADOS

Ministério da Saúde – R$ 5,2 bilhões
Para leitos de UTI, pagamento de médicos e residentes, testes para diagnóstico, manutenção de equipes de saúde indígena e outras despesas

Ministério do Desenvolvimento Regional – R$ 450 milhões
Sendo R$ 219,7 milhões para levar água a populações rurais por meio de carros-pipa, R$ 90,8 milhões para socorro, assistência às vítimas e restabelecimento de serviços essenciais e R$ 139,3 milhões para reconstrução de infraestrutura danificados por desastres (como pontes e bueiros)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner