Ocupação hoteleira no Rio Grande do Norte cai 45% em 2020 - Seridó 360

Post Top Ad

test banner

terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

Ocupação hoteleira no Rio Grande do Norte cai 45% em 2020


A pandemia do novo coronavírus acertou em cheio a engrenagem do Turismo no Rio Grande do Norte. Um dos setores que mais emprega no Estado sentiu os efeitos devastadores do avanço da covid-19 nos números relacionados à hospedagem ao longo de 2020: queda de 45,24% em relação ao ano anterior.

Conforme dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte (ABIH-RN), o volume de ocupação de janeiro a dezembro do ano passado não superou os 30,5%. No mesmo período, o Turismo em todo o Brasil perdeu R$ 274 bilhões conforme levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Não bastasse a pandemia, que já matou mais de 236 mil pessoas no Brasil, e provocou o fechamento de praticamente todas as atividades comerciais por pelo menos seis meses ao longo de 2020, o Rio Grande do Norte ainda sofre com o alto custo das passagens aéreas. Esse pode ter sido mais um dos fatores que culminou na queda significativa no quantitativo de ocupação de leitos dos hotéis e pousadas conveniados à ABIH no Estado. O Aeroporto Int. Gov. Aluízio Alves registrou recuo de 49% na movimentação de passageiros ao longo do ano passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

test banner